Ta todo mundo ansioso

A ansiedade, no meu circulo de amizades ou de consumo de conteudo na internet, é globalmente um assunto pouco abordado. Também não é o meu assunto de predileção. Acontece que como estou passando por uma crise quase sem precedentes, estou mais interessada em procurar soluções. Nem por isso consumo conteudos de blogs ou videos exclusivamente sobre o assunto. Falo aqui de mim porque escrever sobre isso me ajuda a relativizar, mas não sei se seria uma boa ideia ler quem esta passando pela mesma situação neste exato momento. Pelo contrario, procuro acompanhar blogs que podem me ajudar a superar essa crise e vem daih o meu interesse perene por blogs e canais de minimalismo e organização.

Mas a ansiedade é mesmo um assunto da atualidade. Depois que comecei a escrever sobre isso, três pessoas que sigo nas redes abordaram o assunto de forma praticamente simultânea. Sendo uma de um pais diferente, que não poderia ter sido influenciada.

Falo de influência porque a primeira que vi tocar no assunto essa semana foi Jout Jout no seu video « E’ obvio que você ta ansioso ». Mas ela ja tinha feito também o « Ta todo mundo mal », que não aborda a ansiedade de forma aberta mas que me pareceu bem pertinente quando o vi na época em que ele foi difundido. E ainda é.

Não vou dissertar sobre os males da minha geração (cada uma não tem os seus proprios?) nem sobre as razões pelas quais as pessoas estão ansiosas. São tantas que seria injusto citar apenas as que me afetam. Em vez disso, compartilho aqui esses dois videos, com os quais me identifiquei bastante.

Anúncios

2 comentários sobre “Ta todo mundo ansioso

    • O “engraçado” nessa historia é que, conversando com um psiquiatra colega do marido, à medida em que eu dizia o que me angustia nessa vida ele me respondeu: “mas jura que você não percebeu que não ta sozinha nessa? Você conversa um pouco com as pessoas do seu trabalho? O que eu tô achando extraordinario na nossa conversa é o seu espanto com tudo isso. Acredite, ta todo mundo no mesmo barco. So que uns deixam pra la com mais facilidade. Outros se tornam pessoas cronicamente ansiosas. As razões são as mesmas”. E desde então o meu mantra tem sido relativizar. Então estamos todos juntos mesmo!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s